O PRINCÍPIO DA DIGNIDADE HUMANA